Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6078
João Batista – Blog Ponto de Vista

Tag: João Batista

Triufenses se reúnem para conversar sobre política com Alberto Feitosa e Sebastião Oliveira

Triufenses se reúnem para conversar sobre política com Alberto Feitosa e Sebastião Oliveira

O deputado estadual Alberto Feitosa esteve neste domingo (02) em Triunfo, sertão pernambucano, para cumprir agenda de campanha junto com o deputado federal Sebastião Oliveira. Os dois fazem dobradinha no município apoiados pelo prefeito da cidade, João Batista, e pelo ex-prefeito Luciano Bonfin. Mais de 500 pessoas lotaram o Clube STC, no centro de Triunfo, paraconversar com os deputados. O ex-prefeito Luciano Bonfin e o atual gestor João Batista destacaram que as principais obras da cidade foram realizadas através de articulações e a destinação de recursos dos parlamentares. Com Alberto Feitosa na Secretaria de Turismo, o município ganhou o polo gastronômico e de eventos, localizado ao lado do teleférico, além da requalificação da Cachoeira dos Pingas. Feitosa ainda destinou emendas parlamentares para as áreas de saúde e infraestrutura, a exemplo do calçamento de várias ruas locais. "Tenho o orgulho de mostrar o trabalho que pude realizar durante a minha vida pública, colaborando com o dia a dia de muitos pernambucanos. Aqui em Triunfo, buscamos trabalhar em parceria com o ex-prefeito Luciano e hoje com João Batista pelo desenvolvimento da cidade. Esse é o nosso compromisso", afirmou Feitosa. [...]
Radar Político (16/03) – Chapinha do PSC vende ilusão

Radar Político (16/03) – Chapinha do PSC vende ilusão

Apresentada pelo deputado estadual André Ferreira como promessa de eleição fácil e caminho mais curto para conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa, a chapinha do PSC começa a exibir sinais de que é bem diferente do que aparenta ser. Apontada pelo seu idealizador e acreditada por seus integrantes de que tem possibilidade de conquistar 6 cadeiras, a dita chapinha carece não apenas de quadros para tal feito, mas de votos. Na hipótese de que se repita nesta eleição o mesmo cociente da eleição de 2014 (93.931 votos), a chapinha do PSC precisaria de mais de 500 mil votos para conquistar 5 cadeiras de forma direta e torcer para que a sexta seja obtida pela sobra, uma realidade bem distante diante dos quadros que o partido apresenta atualmente. Para compararmos com a eleição anterior, após os chapões do PSB e PTB, a terceira coligação que mais conquistou cadeiras foi a do PP/PROS, quando garantiu 4 vagas pelo cociente e uma pela sobra. Vale lembrar que esta coligação teve como puxador de votos o Pr. Cleiton Collins que sozinho obteve surpreendentes 216.874 votos, além de 19 candidatos com uma boa média de votos. Além de Manoel Ferreira e Guilherme Uchôa, o PSC deve ter como principais nomes para concorrer como candidatos a deputado estadual Diogo Prado, Roberto Asfora, Carla Lapa, Mary Gouveia, Rodrigo Gomes, Izabel Urquisa, Wanderson Florêncio e Aline Mariano, o que por si só já demonstra que com este time a conquista das 6 cadeiras é uma realidade muito distante. Outro nome que pode entrar neste grupo é o do ex-prefeito de Camaragibe, Jorge Alexandre, que ainda está em processo de convencimento. É indiscutível de que o chefe do Clã Ferreira será o mais votado do partido, porém quem conhece um pouco de política dificilmente acreditará que este potencial será suficiente para puxar outros candidatos consigo. Falta ao PSC um quadro como Cleiton Collins e uma boa calda para cumprir a promessa. Outra prova de que a chapinha do PSC não possui o potencial apresentado é o fato de que André Ferreira já andou entrando em contato com o presidente de outro partido para sugerir uma coligação entre ambos. Fora isto, os rumores de que o Palácio pode realizar investidas para desidratar o partido caso a família Ferreira opte por seguir o bloco oposicionista, pode complicar ainda mais a situação. A conquista de três cadeiras, com a possibilidade de uma quarta pela sobra, parece ser a realidade mais tangível para o partido, mais para isto precisará de ao menos uns 350 mil votos. Tomando espaço – De malas prontas para oficializar a sua entrada no PSC, o presidente da ALEPE, Guilherme Uchôa, valoriza o partido e deve garantir de cara a segunda vaga logo atrás de Manoel Ferreira. O fato negativo deste movimento é que Uchôa não faz sozinho o cociente eleitoral, o que complica a vida dos concorrentes dentro da sigla aumentando o ponto de corte para conquistar uma vaga. Blefe – As afirmações do deputado estadual Henrique Queiroz de que será candidato a deputado federal já não estão sendo levadas a sério pelos seus pares na ALEPE. Com uma reeleição garantida, dificilmente Henrique teria coragem de arriscar uma eleição para a qual não se preparou. Força - Com o apoio dos prefeitos de Itamaracá, São Lourenço, Araçoiaba, Itambé, Itaquitinga e Camocim de São Félix, além de contar com lideranças em outros 40 municípios, o pré-candidato a deputado federal Júnior Uchôa põe medo nos adversários, pois superará facilmente os 100 mil votos. Armando para um lado– O senador Armando Monteiro e os deputados Jorge Côrte Real e José Humberto, federal e estadual respectivamente, visitam hoje o município de Condado, na Mata Norte, para participarem da entrega de uma ambulância, um ônibus para Tratamento Fora do Domicílio, além de equipamentos para o hospital municipal. Paulo para o outro – Por sua vez, o governador Paulo Câmara marca presença no município de Limoeiro, no Agreste Setentrional, para participar da abertura do Polo Cultural da Caravana da Educação, projeto que tem por objetivo promover um circuito de atividades pedagógicas, culturais, esportivas e de orientações aos estudantes. De lá, segue com comitiva para Surubim, onde visita obras de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário e participa da inauguração do 8º Grupamento de Bombeiros. Diminuindo - Com oito deputados federais eleitos em 2014, o PSB de Pernambuco acompanha inerte a sua bancada desidratar de forma acentuada. Já saíram do partido Pr. Eurico, Fernando Filho, Marinaldo Rosendo e João Fernando Coutinho. Até parece que não é o partido do governador. Com o pé fora – Outro deputado que deve arrumar as malas é Gonzaga Patriota. Prevendo a ameaça de não se reeleger no chapão do PSB, o parlamentar já está à procura de outra sigla para se abrigar. Autonomia 1 – Recém-chegado ao PROS, o deputado federal João Fernando Coutinho já sentou na janela e vai comandar a sigla no Estado. JFC ganhou o poder de decidir o destino do partido em relação a que candidato a governador apoiar. Agora ele já passa a ser visto de outra forma pelo Palácio, que desta vez pensará duas vezes antes de realizar investidas às suas bases. Autonomia 2 – Para desespero daqueles que concorrerão no chapão do PSB/PSD/PR, João Fernando deverá coligar na proporcional com a chapinha do PP/PDT/PC do B/Solidariedade. Convites - O pré-candidato a deputado federal André Carvalho recebeu em seu escritório nesta semana o secretário-geral do PTB, João Batista, e Davi Muniz, presidente do PEN. Ambos estiveram com o diretor da Rádio Maranata na tentativa de leva-lo para seus respectivos partidos. A expectativa é que até o final do mês o empresário anuncie o seu destino partidário. Escada - Conhecido por comandar o Portal Escada News, o jornalista e professor Sanchillis Oliveira pode disputar um mandato de deputado estadual pela Rede, de Marina Silva. Caso leve o projeto até o fim, as principais bandeiras que deve levantar são as de educação de qualidade, valorização da cultura e da juventude. Quebra de braço - Mesmo aliado do presidente estadual do PRB, Sílvio Costa Filho, com quem dobrará para federal, o pré-candidato a deputado estadual Moisés Éi não deverá mais disputar pelo PRB, mas sim pelo AVANTE. O motivo seria o fato dele não conseguir a presidência da comissão provisória do partido em Sirinhaém, sua base, porque o comando está sob o controle de uma pessoa ligada ao Bispo Ossesio Silva. [...]
7 / 7 POSTS