Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6085
“A prefeitura de Araripina não está cuidando da população”, afirma pré-candidato a prefeito Tião do Gesso – Blog Ponto de Vista

“A prefeitura de Araripina não está cuidando da população”, afirma pré-candidato a prefeito Tião do Gesso

Saiba mais informações clicando no link


Um dos maiores nomes para assumir a prefeitura de Araripina nos próximos anos, o empresário e pré-candidato a prefeito Tião do Gesso, participou hoje de uma entrevista em uma rádio local, e fez um balanço da falta de gestão que o município de Araripina vem enfrentando durante esses anos.

Com um perfil que agrada a maioria da população, entre elas a classe baixa, o pré-candidato a prefeito Tião do Gesso fez uma breve biografia de sua história, enaltecendo àquilo que faz dele o nome mais preferido no momento para ser o prefeito da cidade, que é ter vindo do meio do povo. Fez um balanço do trabalho da atual gestão e falou sobre o seu projeto político.


BIOGRAFIA

Tião afirmou que tem uma história parecida com 90% da população, que vem de uma família simples, nasceu e se criou na zona rural, morou na zona urbana em bairros carentes, estudou em escola pública, esperou por grandes filas no hospital, foi um engraxate, vendedor de picolés e salgados, e superou todas as adversidades da vida através dos estudos, se tornando um grande empresário, que emprega diretamente centenas de famílias no município.

Para Tião do Gesso, a experiência de vida é o maior currículo para cuidar da cidade, pois segundo o empresário, para entender as necessidades do povo é preciso ter vivido o que o povo sente e o seu histórico de vida lhe permite isso naturalmente. Ele ainda afirmou que o motivo de não ter vindo de um berço político, de não ter tido uma herança política, de não ter tido uma mãe, um pai ou um parente próximo como político, o faz um nome novo na política de Araripina.

Sobre a gestão do Prefeito Raimundo Pimentel, o empresário fez uma avaliação, veja algumas partes:

GESTÃO ATUAL

A gestão atual desprezou o povo durante esses três anos e meio de mandato. A zona rural desrespeitada e desprezada com estradas intransitáveis, o qual foram gastos quase 7 milhões em estradas, valor esse que daria para fazer todas as estradas duas vezes, mas ninguém sabe onde essas obras entraram, pois de acordo com Tião, o cenário das estradas é totalmente de abandono.  Na zona urbana, a situação não é diferente, se encontra toda esburacada e abandonada, o esporte amador está extinto, a cultura extinta, professores sem receber o aumento.

Segundo Tião do Gesso, o prefeito se apegou a culpar a gestão passada por não poder desenvolver um trabalho na cidade, porém, o pré-candidato afirma que os valores que já entraram nos cofres da prefeitura, praticamente triplicam os valores negativos que ficaram para a atual gestão, e que dinheiro não é desculpa para realizar as obras no município.

“Ficou uma folha atrasada de 7 milhões, eu repudio esse ato que o prefeito da gestão passada cometeu, mas entrou no município de Araripina nesses três anos e meio, 70 milhões a mais em comparação ao mesmo período da gestão passada a população precisa entender isso.”

Querer justificar o desmando e o abandono da cidade, nessa desculpa de arrumação da casa, é até uma falta de sensibilidade com a população. É nisso que o prefeito prefere se apegar, passar todo o mandato colocando a culpa na gestão passada, e afirmo, “desculpas é coisa de gente incompetente”, disse o empresário Tião do Gesso.

Tião ainda afirmou que a lei de responsabilidade fiscal permite que gaste 54 % com folha de pagamento, feito esse que o gestor quer colocar como marca do seu governo, pagar em dias, mas o que está sendo feito com os 46% que sobram. De acordo com o empresário, a cada 100 reais que o gestor recebe, ele gasta 54 reais com a folha, e os 46 reais fica onde? cadê as obras? cade o cuidado com a população?

Onde estão as obras para o enfrentamento da pandemia? O município recebeu em torno de R$9 milhões. Não tem testagem, não tem equipamentos, não tem EPI’s, não se vê nada em prol do povo.

“Desculpas é coisa de gente incompetente, inoperante”

Na educação, o descontentamento também é geral, os valores repassados pelo Fundeb, superam os valores que ficaram para pagar aos professores. Mas o prefeito insiste em não repassar o aumento que é um direito dos educadores, fazendo uma análise, Tião afirma que nesses três anos de mandatos, cada professor perdeu em torno de 30%, mais ou menos um valor de R$ 30 mil reais, e o que mais impressiona é o fato do município ter recebido 20 milhões a mais só na educação, em relação aos valores que entraram nesses três anos em relação a gestão passada.

Para Tião, o que falta da Gestão é um tratamento humano, o que falta é estar próximo do povo, conversar, ouvir a população. Não tem como se fazer gestão distante do povo.

O pré-candidato afirma seu alinhamento com o médico Dr. Aluizio, e disse que uma das suas maiores virtudes é ter palavra, é manter um acordo, e que o seu projeto político de pré-candidato a prefeito está firmado ao lado médico Aluizio. “Estão soltando vária fakenews nos blogs do municípios, blogs esses que são pagos pela prefeitura, para disseminar inverdades”

Tião afirma que montou um grande grupo para a disputa das eleições, com pessoas sérias, honestas, simples e que gostam de estar ao lado do povo. O grupo do empresário conta com seis vereadores de mandato, vários suplentes de vereador, com enormes chances de vitória, várias lideranças novas, que irão disputar uma vaga, e o grupo do G30.

Tião do Gesso diz que Araripina merece um projeto para o povo, e não para acordos que “incham” os cofres da prefeitura, deixando impossibilitado que seja feito algo para dar atenção ao povo.

“É preciso acabar com esse rateamento da prefeitura para um pequeno grupo de famílias consideradas tradicionais, que passam a vida toda vivendo apenas da prefeitura, Araripina precisa pensar grande, precisa pensar no povo, essa política pensando em apoios para ofertar em troca cargos públicos precisa acabar”, afirmou Tião do Gesso.

“É PRECISO TRABALHAR O PRIMEIRO ANO, O SEGUNDO E O TERCEIRO,

E NÃO APENAS SEIS MESES ANTES DA ELEIÇÃO,

ISSO É UMA ESTRATÉGIA QUE MUITOS PREFEITOS FAZEM,

DEIXA O POVO SOFRER E DEPOIS TENTA ENGANAR COM OBRAS ELEITOREIRAS.

PORÉM, ISSO É POLÍTICA ANTIGA, O POVO NÃO VAI CAIR MAIS NESSE TIPO DE POLÍTICA. 

ISSO É RUIM PARA A POPULAÇÃO.

Informações por/ DiarioGm

COMENTÁRIOS