Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6078
“Adiar ENEM por 60 dias pode não ser suficiente”, alerta deputado – Blog Ponto de Vista

“Adiar ENEM por 60 dias pode não ser suficiente”, alerta deputado

Saiba mais informações clicando no link


Depois de muita pressão popular contra a realização do Exame Nacional do Ensino Médio no mês de novembro por conta da pandemia do novo Coronavírus, o Ministério da Educação e o INEP decidiram nesta quarta-feira (20) adiar o ENEM para uma nova data a ser marcada após consulta com os estudantes inscritos. Embora a decisão tenha sido comemorada principalmente pelos estudantes de escolas públicas que terão mais dificuldades na preparação para a prova, o adiamento que pode ser de até 60 dias, de acordo com o MEC, pode não ser suficiente no final das contas.

Essa preocupação foi levantada pelo deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB), que nas últimas semanas se engajou na campanha Adia ENEM nas redes sociais. De acordo com o parlamentar, é preciso esperar a evolução do distanciamento social que tirou os estudantes das escolas para ter certeza de que o prazo é suficiente para que os prejuízos para os estudantes sejam minimizados. “Consideramos um grande avanço frente à forma intransigente e insensível que o ministro Abraham Weintraub vinha tratando do assunto. Porém, caso a pandemia faça persistir o isolamento social, adiar o ENEM por 60 dias pode não ser suficiente e devemos buscar impedir novamente que seja cometida uma injustiça social que vai contribuir muito para o aumento da desigualdade educacional no Brasil. Em um país onde 30% da população ainda não possui acesso à internet, é preciso diminuir ao máximo as dificuldades na preparação para o exame, principalmente nas classes menos favorecidas e que mais precisam de oportunidades como o ENEM para o seu desenvolvimento social“, comentou.

Em entrevista ao telejornal Bom Dia Pernambuco, o gestor da Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano da Rua da Aurora, prof. Paulo Bruno, levantou uma outra preocupação em relação ao ENEM 2020: “Alguns países reduziram os conteúdos que serão cobrados nos exames deles. Então eu acho que aqui no Brasil essa prova também precisa olhar para isso. Para um ano letivo de finalização de etapa que não está sendo completo. Então, como que a prova vai cobrar tudo que estava previsto?“.

Sobre isso, Dutra reforça a necessidade da continuidade da mobilização dos estudantes e da sociedade em geral: “Os educandos estão de parabéns pela mobilização virtual, mas precisamos ficar muito atentos aos próximos passos do ENEM. A dificuldade levantada pelo prof. Paulo Bruno é real e caso o MEC e o INEP persistam em promover injustiças neste que é o principal meio de acesso dos nossos estudantes ao ensino superior, precisamos levantar a voz mais uma vez. Juntos, estudantes, educadores, parlamentares e cidadãos brasileiros, podemos resistir e lutar contra qualquer tentativa de diminuir as chances dos menos favorecidos no exame“, disse o deputado.

Inscrições – Mesmo sem datas definidas para as provas, por meio do site enem.inep.gov.br os estudantes que pretendem fazer o ENEM 2020 precisam se inscrever até esta sexta-feira (22), uma vez que o calendário de inscrições não foi alterado.

COMENTÁRIOS