Augusto Coutinho e Bancada recebem sinal verde de Renan Filho para Transnordestina e as BRs 104 e 423

Saiba mais informações clicando no link

Augusto Coutinho e Bancada recebem sinal verde de Renan Filho para Transnordestina e as BRs 104 e 423

A Bancada Pernambucana no Congresso Nacional recebeu do ministro dos Transportes, Renan Filho, a garantia de que a Ferrovia Transnordestina será concluída, no trecho entre Salgueiro e Suape, através de recursos federais ou parcerias com a iniciativa privada. A reunião entre os parlamentares e o titular da pasta foi realizada na noite desta terça-feira (20/06), em Brasília, por iniciativa dos coordenadores da Bancada, os deputados federais Augusto Coutinho (Republicanos) e Carlos Veras (PT).

Durante o encontro, o ministro também assegurou a retomada da duplicação da BR-104, no Agreste, e a execução da obra de duplicação da BR-423, na mesma região, cuja ordem de serviço deverá ser assinada pelo Presidente Lula antes do início do Festival de Garanhuns, que acontecerá na segunda quinzena de julho.

“Saímos da reunião com a certeza do ministro de que a Transnordestina, uma obra de enorme importância para a economia de Pernambuco, será concluída”, ressaltou Augusto Coutinho. Segundo ele, Renan assegurou que o projeto está garantido também pelo presidente Lula.
O Ramal entre Salgueiro e Suape vai transportar minério de ferro extraído no Piauí para exportação através do terminal marítimo pernambucano. Os parlamentares pernambucanos estão mobilizados para destravar a obra desde que surgiu a informação de que o traçado entre Salgueiro e Suape não seria construído pela concessionária TLSA, que decidiu completar somente o trecho Salgueiro e o porto de Pecém (CE).

Vale lembrar que o ramal até Suape está 48% concluído, frente a 18% do traçado cearense. Outra vantagem operacional de Suape é o potencial de cargas de retorno, uma vez que os trens poderão fazer o trajeto de volta levando combustíveis, gás, contêineres e veículos. O trecho pernambucano também é 92km mais curto que o Ramal de Pecém.
Durante a reunião, Renan Filho informou que o governo tem R$ 50 milhões reservados para a duplicação da BR-104, cujas obras se encontram paralisadas, e reiterou que a duplicação da BR-423 entre São Caetano e Garanhuns sairá do papel. “A paralisação das obras da BR-104 está trazendo enorme transtorno para uma região que inclui Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, além das cidades vizinhas. O ministro se comprometeu com a continuidade e está fazendo entendimento com o governo do estado”, disse Coutinho.

“Com relação à BR-423, a licitação já foi feita e só falta a liberação ambiental para que seja dada a ordem de serviço, que deve acontecer antes do começo do festival”, acrescentou o coordenador da Bancada.
Também participaram da reunião os deputados federais Lucas Ramos, Waldemar Oliveira, Pedro Campos, Renildo Calheiros, Guilherme Uchôa, Eriberto Medeiros, Iza Arruda, Maria Arraes, Lula da Fonte, Mendonça Filho, Clodoaldo Magalhães, Silvio Costa Filho e André Ferreira; o senador Fernando Dueire, a ministra de Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, e o ministro em exercício da Previdência, Wolney Queiroz.

COMENTÁRIOS