Caruaru recebe 60 mil pessoas no MotoFest 2023

por Letícia Lima A edição do MotoFest 2023, realizado pela Prefeitura de Caruaru, atraiu um público de mais de 60 mil pessoas em três dias para a cidade, segundo a prefeitura. Além disso, o evento movimentou a economia e gerou empregos. A atração mais esperada da noite de sábado (30) foi a banda Angra, que trouxe o seu show da turnê de 30 anos de carreira para a Capital do Agreste. Antes da apresentação, os integrantes do grupo brincaram que são “como um cometa”, já que vêm a Caruaru a cada dez anos. O primeiro show foi em 2004, o segundo em 2014 e o terceiro em 2023. Quem iniciou a programação do palco foi a Funky Monks, que abriu os caminhos para mais uma bela noite de muita música de qualidade com clássicos do Red Hot Chili Peppers. Em seguida, a Dreameld levou clássicos do Guns N’ Roses e do Aerosmith ao Pátio de Eventos. Em seguida, o Movimento Motociclístico de Caruaru (MMC) prestou homenagens a motociclistas de diversos motoclubes e ao presidente e vice-presidente da Fundação de Cultura de Caruaru (FCC), Hérlon Cavalcanti e Márcio Santos, respectivamente, e a Leonardo Leite, que também faz parte da FCC. As bandas Old Pack e Alkymenia completaram a programação de encerramento. A primeira cantou clássicos de bandas como Queen, Pink Floyd e Bon Jovi, enquanto a segunda fechou a noite com o seu heavy metal conhecido não apenas em Caruaru, como também em outras regiões do país e na Europa, onde a banda já fez shows. Programação da manhã teve passeio motociclístico O Sábadão do Motofest 2023, último dia do evento, começou como todo amante da velocidade gosta: um belo de um passeio motociclístico pelas ruas de Caruaru, com saída do Pátio de Eventos e destino até ao Alto do Moura. "Sou do Maranhão e digo a você: Nunca mais deixo de vir ao MotoFest Caruaru! Um espetáculo de passeio contagiando a todos que o acompanharam. Massa mesmo conhecer o Alto do Moura desta forma!", descreveu Marcos César, do grupo motociclístico, Anjos da Noite. Já de volta ao reduto do Forró, que neste fim de semana se tornou também do rock e do heavy metal, ele, assim como os demais personagens do MotoFest, puderam acompanhar a apresentação, no Trio Minhoquinha, da banda Tempero Musical.  

Foto: Divulgação

por Letícia Lima

A edição do MotoFest 2023, realizado pela Prefeitura de Caruaru, atraiu um público de mais de 60 mil pessoas em três dias para a cidade, segundo a prefeitura. Além disso, o evento movimentou a economia e gerou empregos.

A atração mais esperada da noite de sábado (30) foi a banda Angra, que trouxe o seu show da turnê de 30 anos de carreira para a Capital do Agreste. Antes da apresentação, os integrantes do grupo brincaram que são “como um cometa”, já que vêm a Caruaru a cada dez anos. O primeiro show foi em 2004, o segundo em 2014 e o terceiro em 2023.

Quem iniciou a programação do palco foi a Funky Monks, que abriu os caminhos para mais uma bela noite de muita música de qualidade com clássicos do Red Hot Chili Peppers. Em seguida, a Dreameld levou clássicos do Guns N’ Roses e do Aerosmith ao Pátio de Eventos.

Em seguida, o Movimento Motociclístico de Caruaru (MMC) prestou homenagens a motociclistas de diversos motoclubes e ao presidente e vice-presidente da Fundação de Cultura de Caruaru (FCC), Hérlon Cavalcanti e Márcio Santos, respectivamente, e a Leonardo Leite, que também faz parte da FCC.

As bandas Old Pack e Alkymenia completaram a programação de encerramento. A primeira cantou clássicos de bandas como Queen, Pink Floyd e Bon Jovi, enquanto a segunda fechou a noite com o seu heavy metal conhecido não apenas em Caruaru, como também em outras regiões do país e na Europa, onde a banda já fez shows.

Programação da manhã teve passeio motociclístico

O Sábadão do Motofest 2023, último dia do evento, começou como todo amante da velocidade gosta: um belo de um passeio motociclístico pelas ruas de Caruaru, com saída do Pátio de Eventos e destino até ao Alto do Moura.

“Sou do Maranhão e digo a você: Nunca mais deixo de vir ao MotoFest Caruaru! Um espetáculo de passeio contagiando a todos que o acompanharam. Massa mesmo conhecer o Alto do Moura desta forma!”, descreveu Marcos César, do grupo motociclístico, Anjos da Noite.

Já de volta ao reduto do Forró, que neste fim de semana se tornou também do rock e do heavy metal, ele, assim como os demais personagens do MotoFest, puderam acompanhar a apresentação, no Trio Minhoquinha, da banda Tempero Musical.

 

COMENTÁRIOS