Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6085
Centro de Referência Clarice Lispector será homenageado na Câmara do Recife – Blog Ponto de Vista

Centro de Referência Clarice Lispector será homenageado na Câmara do Recife

Saiba mais informações clicando no link

Vereadora Professora Ana Lúcia Recife
Na reunião plenária de hoje na Câmara Municipal do Recife, a vereadora Ana Lúcia (Republicanos), apresentou um Voto de Aplauso ao Centro de Referência Clarice Lispector, que completou 21 anos de existência.

“Quem vai ao Clarice pela primeira vez percebe o clima tão humano que reina em absoluto naquele lugar, e cada mulher que é atendida sabe da importância desse atendimento, para além do caráter técnico, também pelo fato de ser acolhida com humanidade. “Pontuou” Ana Lúcia.

A parlamentar comunicou que, também por meio de sua iniciativa, será realizada uma reunião solene em homenagem aos 21 anos do Centro Clarice Lispector, e à mulheres que superaram o ciclo de violência. O evento acontecerá no dia 16 de março, às 17h, no plenário da Câmara Municipal.

“Infelizmente o Brasil é um dos países onde mais acontece mais feminicídios no mundo, e é com o trabalho de Centros como o Clarice que isso pode ser diminuído, pois é onde a mulher é acolhida, onde ela tem um lugar de fala, atendimento jurídico, psicológico, orientação para o trabalho, e constrói novas possibilidades para a sua vida.” Acrescentou em aparte a vereadora Cida Pedrosa (PC do B).

Funcionando em um novo espaço desde agosto de 2021, o Centro Clarice Lispector possui atendimento 24h, acolhe e orienta mulheres em situação de violência doméstica e sexista, que são atendidas por uma equipe multidisciplinar que conta com seis  psicólogas, três assistentes sociais,  cinco advogadas e uma educadora social. Os casos são acompanhados e referenciados para a Rede Municipal de Proteção à Mulher.

COMENTÁRIOS