Gleide Ângelo cobra informações sobre o Juntos pela Segurança 

Detalhes no link

Foto: Wesley D’Almeida

por Letícia Lima
O atraso do lançamento do programa Juntos pela Segurança, previsto para acontecer no último dia 28, escancara a “ausência de planejamento e de comando na segurança pública do Estado”. Pelo menos essa é a opinião da deputada estadual Gleide Ângelo. A parlamentar se pronunciou sobre o caso em fala na tribuna durante a reunião plenária dessa segunda-feira (02), na Alepe.
“No último dia 31 de julho, o Estado anunciou que o programa de segurança pública seria apresentado à população em 60 dias. No entanto, mesmo depois do prazo, o que vemos são informações desencontradas, porque não há clareza no que se é passado para a população”, pontuou.
Diante da ausência de respostas vindas do Palácio do Campo das Princesas, a Delegada solicitou esclarecimentos ao Executivo Estadual, através de um Pedido de Informação sobre a abertura de novos concursos públicos na área de segurança. O pedido é um recurso legal que garante acesso a informações produzidas ou mantidas pelos órgãos e entidades públicas, de interesse particular ou coletivo.
“Fiz um Pedido de Informação sobre as datas do edital e das provas para o concurso. A população pernambucana precisa de clareza e de objetividade nas políticas públicas”, disse.
Agora, o Governo Estadual tem até 30 dias para responder aos questionamentos da parlamentar. “Por enquanto, a governadora pede mais tempo, como se o investimento na segurança pública fosse algo que a população pudesse esperar. A sociedade precisa da sensação de segurança e os pernambucanos e pernambucanas precisam de repostas”.

COMENTÁRIOS