Projeto ‘Meu Pai tem Nome’: inscrições tem início hoje e terminam no dia 16

A Defensoria Pública de Pernambuco abriu as inscrições para a participação da população no projeto “Meu pai tem nome”, uma campanha para reconhecimento de paternidade realizada em todo território nacional, que acontecerá no próximo sábado (19/08). Durante a campanha serão atendidos as cidadãs e os cidadãos interessados em fazer reconhecimento espontâneo de paternidade por meio da solicitação de exame de DNA. É sempre importante lembrar que todos os serviços oferecidos pela DPPE são gratuitos. As inscrições devem ser realizadas na segunda-feira (14), na terça-feira (15) e na quarta-feira (16) a partir das 8h. O agendamento pode ser feito de modo presencial na sede da Defensoria Pública de Pernambuco na Av. Manoel Borba, 640, bairro da Boa Vista, no centro do Recife, ou virtualmente por meio de mensagens através do aplicativo Telegram, pelo número (81) 9.488-3026. A iniciativa integra o projeto “Meu pai tem nome”, articulado pelo Conselho Nacional das Defensoras e Defensores Públicos-Gerais (Condege). A campanha é realizada em âmbito nacional, com a participação das Defensorias Públicas dos Estados e do Distrito Federal.

A Defensoria Pública de Pernambuco abriu as inscrições para a participação da população no projeto “Meu pai tem nome”, uma campanha para reconhecimento de paternidade realizada em todo território nacional, que acontecerá no próximo sábado (19/08).

Durante a campanha serão atendidos as cidadãs e os cidadãos interessados em fazer reconhecimento espontâneo de paternidade por meio da solicitação de exame de DNA. É sempre importante lembrar que todos os serviços oferecidos pela DPPE são gratuitos.

As inscrições devem ser realizadas na segunda-feira (14), na terça-feira (15) e na quarta-feira (16) a partir das 8h. O agendamento pode ser feito de modo presencial na sede da Defensoria Pública de Pernambuco na Av. Manoel Borba, 640, bairro da Boa Vista, no centro do Recife, ou virtualmente por meio de mensagens através do aplicativo Telegram, pelo número (81) 9.488-3026.

A iniciativa integra o projeto “Meu pai tem nome”, articulado pelo Conselho Nacional das Defensoras e Defensores Públicos-Gerais (Condege). A campanha é realizada em âmbito nacional, com a participação das Defensorias Públicas dos Estados e do Distrito Federal.

COMENTÁRIOS