“Recife no Mundo”: João Campos lança programa de intercâmbio e cursos de inglês para estudantes e professores da Rede Municipal de Ensino

Iniciativa, que foi lançada nesta quinta-feira (10), irá motivar os participantes na aprendizagem de uma nova língua e fortalecer a educação do Recife. Canadá, Estados Unidos e Reino Unido são os países parceiros

Recife Prefeitura do Recife João Campos Recife no Mundo Compaz Eduardo Campos

A Prefeitura do Recife chega com mais inovação para fortalecer a educação da cidade. Na tarde desta quinta-feira (10), o prefeito João Campos lançou, no Compaz Eduardo Campos, na Linha do Tiro, o programa “Recife no Mundo”, que irá ofertar cursos de língua inglesa articulados com intercâmbio para estudantes e professores da Rede Municipal de Ensino. A capital pernambucana será pioneira a nível nacional no intercâmbio no formato “summer camp” – que utiliza as férias para aprimorar um idioma – e para estudantes do Ensino Fundamental (Anos Finais – 8º e 9º ano) e professores. As inscrições já iniciam nesta sexta-feira (11) e podem ser feitas pelo Conecta Recife, ou pelo  site https://educ.rec.br/recifenomundo.

“Pela primeira vez, na história do nosso País, uma cidade lança um programa de intercâmbio para jovens do Ensino Fundamental e Anos Finais. O Recife no Mundo vai possibilitar que 100 jovens recifenses de escola pública tenham a oportunidade de estudar fora do país, 100% custeado pela Prefeitura do Recife. Curso extensivo de segunda língua para mais de 25% de jovens da rede. Com isso, a gente garante que oportunidades que eram vistas como algo impossível – através de política pública bem feita e bem construída – se torna possível”, comentou o prefeito. “Haverá todo o custeio de passagens, acomodação, o custo de estar numa universidade fora, o custeio para as despesas lá. Além disso, a gente lança uma modalidade para professores de Letras que vão ter a oportunidade de passar um perído em lugares como Estados Unidos, Canadá e Reino Unido, acrescentou.

O programa irá oferecer a alunos e docentes da rede pública municipal, de forma gratuita, cursos de língua inglesa e a experiência de um intercâmbio internacional. Esta será uma concretização da necessidade de proporcionar o aperfeiçoamento e a habilidade comunicativa dos participantes no idioma estrangeiro, promovendo a inserção em outras culturas e abrindo novas possibilidades através da comunicação. Incentivar a aprendizagem de uma língua estrangeira e contribuir para o desenvolvimento acadêmico, cultural e social dos estudantes e professores da rede municipal do Recife também é outro importante objetivo do projeto.

“O programa vai ampliar a aprendizagem da língua inglesa na nossa rede, mas vai também criar novas perspectivas sociais, culturais e ampliar os horizontes dos nossos estudantes. O programa também contempla os professores, eles vão ter curso de língua inglesa e intercâmbio como os estudantes. E os adolescentes vão ficar um mês no exterior, de forma monitorada”, explicou o secretário de Educação do Recife Fred Amancio.

Com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o ensino da língua estrangeira tornou-se obrigatório a partir dos Anos Finais do Ensino Fundamental. Aprendendo uma nova língua e tendo a possibilidade de praticá-la em outros países possibilita aos indivíduos uma participação no mundo através de trocas sociais. 

A iniciativa irá envolver estudantes dos Anos Finais (8º e 9º ano) e professores com Licenciatura em Letras (língua inglesa), sendo docentes em sala de aula ou em cargos de gestão. Canadá, Estados Unidos e Inglaterra são os destinos já confirmados para o intercâmbio, até o momento. Os cursos serão abertos para 1.000 estudantes e 50 professores. Para o intercâmbio internacional serão selecionados, dentre os participantes dos cursos de língua, 100 estudantes e 10 docentes.

Os cursos de língua inglesa dos estudantes serão realizados de forma presencial e eles receberão material didático e material de áudio e vídeo para estudar antes da avaliação. As aulas serão realizadas no contraturno das atividades comuns curriculares, sendo quatro vezes na semana. O requisito para participar é estar matriculado no 8º ano de qualquer escola municipal do Recife.

Já para os professores, o curso será no formato híbrido, ou seja, presencial e online, totalizando 3h30 de atividades semanais, com aulas em dois polos: Zona Norte e na Zona Sul da cidade. O requisito para participar é ter Licenciatura em Letras, estar a mais de dois anos da aposentadoria ao final do programa e não solicitar cessão, transferência ou exoneração por um período de dois anos após o término do intercâmbio.

A viagem aos países de língua inglesa chega como um complemento de todo o aprendizado durante o período de aulas do curso de língua inglesa. O objetivo é desenvolver com nativos tudo o que foi aprendido em sala, além de trabalhar as relações interpessoais, troca de experiências, conhecimento de novas culturas e o desenvolvimento de aptidões que vão além do universo acadêmico, permitindo aos estudantes e profissionais da educação da rede municipal do Recife, um retorno ao país de origem com a bagagem repleta de novas vivências, muito mais independência e consciência cultural, social e de mundo.

A cônsul-geral no Consulado Geral dos Estados Unido no Recife, May Baptista, participou do lançamento do programa. “Agradeço ao prefeito por convidar os Estados Unidos a participar desse programa inovador e por nos receber aqui no Compaz Governador Eduardo Campos. O Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife está pronto para ser parceiro do Recife no Mundo. Fico emocionada ao imaginar as conexões que alunos e professores de Recife vão criar nos Estados Unidos, no Canadá e na Inglaterra”, afirmou na ocasião.

É importante destacar que os custos dos cursos de línguas e do intercâmbio serão pagos pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Educação do Município. O programa também oferecerá passaporte e visto, kit viagem, estadia em dormitório de universidade, curso de língua inglesa no exterior, seguro saúde e todo apoio da Secretaria de Educação do Recife.

REFERÊNCIA O programa “Recife no Mundo” também é emblemático pela data de lançamento, já que neste 10 de agosto seria celebrado o aniversário de Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e responsável por implementar o programa de intercâmbio “Ganhe o Mundo” para estudantes do Ensino Médio da Rede Estadual. 

A iniciativa inspirou vários outros estados, assim como a Rede Municipal do Recife, a pensar em programas de línguas estrangeiras e intercâmbios com o objetivo de proporcionar aos estudantes da rede pública experiências de transformação educacional, cultural e de inclusão social.

COMENTÁRIOS