Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6078
Reunião do Estreitando Laços será na sexta (17) com momentos de relaxamento e beleza – Blog Ponto de Vista

Reunião do Estreitando Laços será na sexta (17) com momentos de relaxamento e beleza

O projeto criado pela Prefeitura de Caruaru visa promover visitas às mulheres que estão reclusas na Colônia Penal Feminina de Buíque. Próxima viagem será dia 25

Reunião do Estreitando Laços Caruaru
A reunião mensal do Estreitando Laços, com familiares das reeducandas da Colônia Penal Feminina de Buíque, será realizada na quinta-feira (17), às 14h, no auditório Antonieta de Barros, localizado na sede da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM). 

O encontro será para alinhar e ajustar os trâmites para a viagem do mês de março, programada para o dia 25. Na ocasião, acontecerá um momento de relaxamento para os familiares por meio de uma tarde de beleza, alusiva ao mês da Mulher. 

Os interessados em fazer parte do Estreitando Laços devem ir à SPM, munidos de documentação: RG, CPF, comprovante de residência e de um número de WhatsApp, para ser inserido no grupo do projeto. A SPM fica na rua dos Expedicionários, 30, centro de Caruaru. 

Outras informações: (81) 9.8384-2954.

”Estreitando Laços”

O projeto Estreitando Laços, criado pela Prefeitura de Caruaru, por meio da SPM, visa promover visitas às mulheres que estão reclusas na Colônia Penal Feminina de Buíque. Essas viagens são organizadas pela SPM, com transporte disponibilizado pela Secretaria de Educação (Seduc), para levar as famílias em vulnerabilidade social, sem condições financeiras para a realização de visitas às reeducandas. O projeto conta também com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), que disponibiliza os lanches que são distribuídos ao longo da viagem.

COMENTÁRIOS