Segurança Pública do Cabo de Agostinho está cada vez mais integrada às forças policiais do Estado

Saiba mais informações clicando no link

Por intermédio da Secretaria Municipal de Defesa Social (SMDS), a prefeitura do Cabo de Santo Agostinho está cada vez mais próxima ao Estado, para realizar projetos de segurança no município.

Representando o prefeito Keko do Armazém, o secretário de Defesa Social, Pablo de Carvalho, se reuniu com o delegado Jean Rockfeller, responsável por áreas do interior do Estado, e também com o delegado da seccional da área integrada de segurança 11 Júlio Porto, os policiais Ellington Pereira e Sérgio Barreto. Na pauta,  o mecanismo e as estratégias do Pacto pela Vida.

O programa foi implantado no Estado de Pernambuco em  2007, tendo contribuído a redução do número de homicídios.  O objetivo segundo Pablo, é implantar não só as técnicas, mas a filosofia de segurança para a equipe do Cabo de Santo Agostinho.

“Nós estamos trazendo para nossa tropa a filosofia de trabalho do Pacto pela Vida para que eles compreendam essa filosofia e consigam trabalhar cada vez mais integrados com as forças de segurança, polícia civil e polícia militar. O objetivo é conscientizar e preparar a tropa, para dar o melhor resultado à população”, disse o secretário.

CENTRAL DE VIDEOMONITORAMENTO

Desde o mês de janeiro, como forma de prevenir a violência e manter o monitoramento do trânsito, a central de controle e monitoramento através de vídeo foi implantada no município. Com funcionamento 24 horas, a tecnologia trabalha em favor da segurança e consegue inibir a ação de criminosos.

RADIOCOMUNICADORES

Todas as viaturas do Cabo de Santo Agostinho, incluindo a Secretaria da Mulher, Guarda Municipal e Trânsito, já atuam com a comunicação via rádio. Os equipamentos compõem um ponto importante na modernização estrutural da comunicação, com alto grau de segurança e localização.

ILUMINA CABO

O projeto segue os preceitos da ciência criminal que mensuram o quanto a luz é capaz de reduzir crimes em espaços públicos. A escuridão favorece o fator surpresa da ação criminosa e dificulta a identificação de sua autoria, o aumento da visibilidade com uma melhor iluminação pública e acabar com essa vantagem. O mapeamento dos locais que irão receber essa iluminação especial já está sendo feito e irá integrar mais um projeto da SMDS.

CARTÃO PROGRAMA

Para melhorar a presença ostensiva dos agentes de segurança no município e gerar economia no custo mensal  do combustível das viaturas, os agentes passarão a atuar de maneira planejada e monitorada.

COMENTÁRIOS