Socorro Pimentel pede reforço no combate à violência contra mulher após novo feminicídio em Araripina

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a deputada estadual Socorro Pimentel (UB) pediu atenção do Governo do Estado no combate à violência contra mulher. A fala da deputada veio após mais um feminicídio ocorrido no município de Araripina, no Sertão do Araripe. A tragédia aconteceu na madrugada desta segunda-feira (23), quando um homem, identificado como Rodrigo Olegário do Nascimento, de 41 anos, matou a esposa, Aucirlene Lacerda, e dois filhos adolescentes, Ageu Carlos e Aquila Carlos, com disparos de arma de fogo. Após cometer o crime, o autor dos disparos fugiu e tentou se matar jogando a motocicleta que conduzia contra um carro, mas foi socorrido com vida. Na Alepe, Socorro Pimentel pediu a intervenção da governadora e do secretário de Defesa Social. “Precisamos implantar uma delegacia especializada da mulher no Sertão do Araripe, além de reforçar o policiamento em toda região. Esses crimes têm ocorrido com mais frequência e precisam ser coibidos. Iremos realizar uma audiência pública na região para que possamos dar os devidos encaminhamentos e providências urgentes sejam tomadas”, disse a parlamentar.

Deputada Socorro Pimentel

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a deputada estadual Socorro Pimentel (UB) pediu atenção do Governo do Estado no combate à violência contra mulher. A fala da deputada veio após mais um feminicídio ocorrido no município de Araripina, no Sertão do Araripe.

A tragédia aconteceu na madrugada desta segunda-feira (23), quando um homem, identificado como Rodrigo Olegário do Nascimento, de 41 anos, matou a esposa, Aucirlene Lacerda, e dois filhos adolescentes, Ageu Carlos e Aquila Carlos, com disparos de arma de fogo. Após cometer o crime, o autor dos disparos fugiu e tentou se matar jogando a motocicleta que conduzia contra um carro, mas foi socorrido com vida.

Na Alepe, Socorro Pimentel pediu a intervenção da governadora e do secretário de Defesa Social. “Precisamos implantar uma delegacia especializada da mulher no Sertão do Araripe, além de reforçar o policiamento em toda região. Esses crimes têm ocorrido com mais frequência e precisam ser coibidos. Iremos realizar uma audiência pública na região para que possamos dar os devidos encaminhamentos e providências urgentes sejam tomadas”, disse a parlamentar.

COMENTÁRIOS