Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6078
Marco Aurélio comemora possibilidade de reinclusão de estados na Reforma da Previdência – Blog Ponto de Vista

Marco Aurélio comemora possibilidade de reinclusão de estados na Reforma da Previdência

Marco Aurélio comemora possibilidade de reinclusão de estados na Reforma da Previdência

A ideia é que o Senado inclua os governos locais por meio de PEC paralela.

A ideia é que o Senado inclua os governos locais por meio de PEC paralela.

O deputado Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) ficou animado com a possibilidade de reinclusão dos estados e dos municípios na reforma da Previdência pelo Senado. O parlamentar, que é líder da oposição ao governo Paulo Câmara (PSB) na Alepe, tem defendido a proposta do governo Bolsonaro desde quando assumiu seu mandato. Na casa de todos os pernambucanos, Marco Aurélio é um dos poucos deputados que apoiam a nova Previdência, “não é de hoje que tenho destacado a importância da reforma para destravar nosso país”, destacou.

A ideia é que o Senado inclua os governos locais por meio de PEC paralela, para Marco Aurélio, a reinclusão de estados e municípios na PEC é fundamental para Pernambuco, “hoje nosso estado tem déficit gigantesco com a previdência de servidores, em 2018 custou R$ 2,6 bilhões para os cofres de Pernambuco, os números são claros, algo precisa ser feito e urgente, estamos de fato no vermelho”, argumentou.

Os  recursos do Estado que foram consumidos para custear o déficit com aposentadorias de servidores públicos em 2018, citados pelo parlamentar, foi quase equivalente ao valor gasto com recursos próprios na Secretaria de Educação no período, que chegou a cerca de R$ 2,8 bilhões.

COMENTÁRIOS