Projetos e atração de investimentos para o Recife na agenda do secretário de Turismo e Lazer, Antonio Coelho, em Brasília

Na capital federal, o gestor visitou ministérios e órgãos do governo federal com o propósito de debater ações e projetos que contribuam para impulsionar o setor turístico recifense Projetos para impulsionar o turismo na capital pernambucana estão no radar da Secretaria de Turismo e Lazer do Recife. De passagem por Brasília nos últimos dias, o secretário Antonio Coelho participou de encontros importantes em ministérios e órgãos do governo federal a fim de apresentar e debater ações, algumas novas e outras em andamento, que resultem em relevantes benefícios para o setor turístico recifense. Durante a permanência na capital federal, o secretário Antonio Coelho se reuniu com os ministros pernambucanos Silvio Costa Filho, de Portos e Aeroportos, e José Múcio, da Defesa. Também fez visitas ao ministro do Turismo, Celso Sabino, ao presidente da Embratur, Marcelo Freixo, e ao presidente do Iphan, Leandro Grass, da qual também esteve presente a secretária do Recentro, Ana Paula Vilaça. O gestor municipal detalhou que as visitas tiveram por objetivo estreitar laços e fortalecer relações a fim de que projetos importantes para o Recife possam ser colocados em prática. Entre as pautas abordadas durante os encontros estão a promoção da capital pernambucana dentro e fora do Brasil, por meio de eventos e feiras, além das necessidades e investimentos possíveis a serem realizados nos portos e aeroportos da nossa capital e do nosso estado. As obras em andamento do PAC e projetos voltados para o PAC Seleções também marcaram presença no conjunto de conversas. “Foram agendas bastante proveitosas e produtivas, nas quais pudemos conversar e debater diversas ideias, apresentar demandas e buscar parcerias. Nosso propósito é atrair investimentos que contribuam para a criação de oportunidades que ajudem a impulsionar a economia e o turismo da nossa capital. Estou confiante de que, em breve, o Recife poderá ver e aproveitar o fruto dessas articulações”, destacou o gestor.

José Múcio Turismo Antônio Coelho

Crédito: Hisaac Gomes

Na capital federal, o gestor visitou ministérios e órgãos do governo federal com o propósito de debater ações e projetos que contribuam para impulsionar o setor turístico recifense

Projetos para impulsionar o turismo na capital pernambucana estão no radar da Secretaria de Turismo e Lazer do Recife. De passagem por Brasília nos últimos dias, o secretário Antonio Coelho participou de encontros importantes em ministérios e órgãos do governo federal a fim de apresentar e debater ações, algumas novas e outras em andamento, que resultem em relevantes benefícios para o setor turístico recifense.

Durante a permanência na capital federal, o secretário Antonio Coelho se reuniu com os ministros pernambucanos Silvio Costa Filho, de Portos e Aeroportos, e José Múcio, da Defesa. Também fez visitas ao ministro do Turismo, Celso Sabino, ao presidente da Embratur, Marcelo Freixo, e ao presidente do Iphan, Leandro Grass, da qual também esteve presente a secretária do Recentro, Ana Paula Vilaça.

O gestor municipal detalhou que as visitas tiveram por objetivo estreitar laços e fortalecer relações a fim de que projetos importantes para o Recife possam ser colocados em prática. Entre as pautas abordadas durante os encontros estão a promoção da capital pernambucana dentro e fora do Brasil, por meio de eventos e feiras, além das necessidades e investimentos possíveis a serem realizados nos portos e aeroportos da nossa capital e do nosso estado. As obras em andamento do PAC e projetos voltados para o PAC Seleções também marcaram presença no conjunto de conversas.

Foram agendas bastante proveitosas e produtivas, nas quais pudemos conversar e debater diversas ideias, apresentar demandas e buscar parcerias. Nosso propósito é atrair investimentos que contribuam para a criação de oportunidades que ajudem a impulsionar a economia e o turismo da nossa capital. Estou confiante de que, em breve, o Recife poderá ver e aproveitar o fruto dessas articulações”, destacou o gestor.

COMENTÁRIOS