Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u249530162/domains/blogpontodevista.com/public_html/old_blogpontodevista/wp-includes/functions.php on line 6078
Débora Almeida ver plano de chegar ao conselho do TCE-PE cada vez mais distante – Blog Ponto de Vista

Débora Almeida ver plano de chegar ao conselho do TCE-PE cada vez mais distante

Foi aprovado na tarde desta terça (02), em segunda votação, o projeto o projeto de lei que estabelece o voto secreto para a eleição de conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE). A proposição é de autoria da Mesa Diretora da Casa. O Projeto passou com facilidade no Plenário, tendo como único voto contrário o da deputada Débora Almeida (PSDB). O placar foi de 31 x 1. Reconhecida entre os colegas como a única candidata a vaga para o conselho do TCE-PE com as digitais de interesse do Palácio do Campo das Princesas, Débora tinha no voto aberto uma tábua de salvação para os seus planos de conquistar este cobiçado espaço, foi o que opinou ao Blog um parlamentar que preferiu se manter sob o anonimato. “O voto aberto só interessa ao Palácio e sua candidata. O voto secreto resguarda os deputados de pressões externas, garantindo a autonomia e força do parlamento”, disparou. Ao votar contra o interesse da Casa, a deputada Débora Almeida opta por se distanciar da possibilidade de conquista de votos para o seu projeto de chegar ao conselho do Tribunal de Contas.

Deputada Débora Almeida
Foi aprovado na tarde desta terça (02), em segunda votação, o projeto o projeto de lei que estabelece o voto secreto para a eleição de conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE). A proposição é de autoria da Mesa Diretora da Casa. O Projeto passou com facilidade no Plenário, tendo como único voto contrário o da deputada Débora Almeida (PSDB). O placar foi de 31 x 1.

Reconhecida entre os colegas como a única candidata a vaga para o conselho do TCE-PE com as digitais de interesse do Palácio do Campo das Princesas, Débora tinha no voto aberto uma tábua de salvação para os seus planos de conquistar este cobiçado espaço, foi o que opinou ao Blog um parlamentar que preferiu se manter sob o anonimato. “O voto aberto só interessa ao Palácio e sua candidata. O voto secreto resguarda os deputados de pressões externas, garantindo a autonomia e força do parlamento”, disparou.

Ao votar contra o interesse da Casa, a deputada Débora Almeida opta por se distanciar da possibilidade de conquista de votos para o seu projeto de chegar ao conselho do Tribunal de Contas.

COMENTÁRIOS