Eriberto Filho defende fim das faixas salariais para PMPE e CBMPE em audiência pública na Alepe

Em audiência pública abordando “propostas e ações efetivas para segurança pública de Pernambuco”, o deputado estadual Eriberto Filho (PSB) apresentou uma série de medidas para valorização dos profissionais da segurança, na manhã desta quarta-feira (23/08), ouvindo representações da categoria e comissões de concursos que pretendem ingressar nas forças. Mostrando compromisso com a pauta e buscando diálogo com o Governo, o parlamentar reforçou a necessidade de soluções urgentes diante do índice de violência que o Estado vem enfrentando. Em vistas do programa Juntos pela Segurança, onde a governadora Raquel Lyra apresentou alguns avanços em termos de estrutura e de equipamentos, além do anúncio do novo concurso para todas as operativas, o deputado Eriberto Filho apresentou os dados da violência, onde Pernambuco desponta como o terceiro estado com mais crimes violentos do país e cobrou ações do Governo para sanar o problema no médio prazo. “Enquanto Poder Público, o Governo do Estado não pode permitir uma situação grave como esta, que expõe ao risco homens e mulheres das nossas forças de segurança. O déficit cria uma situação de medo, em que policiais todos os dias saem de suas casas para trabalhar sem saber se irão voltar”, afirmou o deputado, frisando os déficits na Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Penal. Como solução, o deputado sugeriu a convocação dos aprovados da T4 do Curso de Formação de Oficiais (CFO) 2018, que podem ingressar no quadro de oficiais de tempo hábil; o incremento do número de policiais penais, que podem ser chamados do último concurso de 2021, para completar as 2 mil vagas criadas em 2022; o fim das faixas salariais para PMPE e CBMPE, promessa de campanha da governadora e grande clamor da categoria; além da abertura de novas delegacias, como a unidade de Pontas de Pedra, em Goiana, reforçando a cobertura policial no Estado. O deputado ainda destacou os avanços obtidos pelo deputado federal Eriberto Medeiros nessa pauta da segurança, afirmando que seu mandato dá continuidade ao trabalho do pai na Alepe, aprofundando as questões da segurança através de um processo de escuta e mediação junto ao Governo do Estado. “Nós temos total compromisso com a segurança pública, por isso, não vamos descuidar desse assunto. Queremos uma resposta, para que possamos dar mais tranquilidade à população pernambucana. Senhora governadora, reiteramos esse alerta: A solução passa diretamente pela valorização dos profissionais da segurança pública. Pois uma tropa motivada vai pra missão de cabeça erguida”, concluiu.

Eriberto Medeiros Filho Deputada Gleide Ângelo Deputado Abimael Santos Segurança Pública
Em audiência pública abordando “propostas e ações efetivas para segurança pública de Pernambuco”, o deputado estadual Eriberto Filho (PSB) apresentou uma série de medidas para valorização dos profissionais da segurança, na manhã desta quarta-feira (23/08), ouvindo representações da categoria e comissões de concursos que pretendem ingressar nas forças. Mostrando compromisso com a pauta e buscando diálogo com o Governo, o parlamentar reforçou a necessidade de soluções urgentes diante do índice de violência que o Estado vem enfrentando.
Em vistas do programa Juntos pela Segurança, onde a governadora Raquel Lyra apresentou alguns avanços em termos de estrutura e de equipamentos, além do anúncio do novo concurso para todas as operativas, o deputado Eriberto Filho apresentou os dados da violência, onde Pernambuco desponta como o terceiro estado com mais crimes violentos do país e cobrou ações do Governo para sanar o problema no médio prazo.
Enquanto Poder Público, o Governo do Estado não pode permitir uma situação grave como esta, que expõe ao risco homens e mulheres das nossas forças de segurança. O déficit cria uma situação de medo, em que policiais todos os dias saem de suas casas para trabalhar sem saber se irão voltar”, afirmou o deputado, frisando os déficits na Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Penal.
Como solução, o deputado sugeriu a convocação dos aprovados da T4 do Curso de Formação de Oficiais (CFO) 2018, que podem ingressar no quadro de oficiais de tempo hábil; o incremento do número de policiais penais, que podem ser chamados do último concurso de 2021, para completar as 2 mil vagas criadas em 2022; o fim das faixas salariais para PMPE e CBMPE, promessa de campanha da governadora e grande clamor da categoria; além da abertura de novas delegacias, como a unidade de Pontas de Pedra, em Goiana, reforçando a cobertura policial no Estado.
O deputado ainda destacou os avanços obtidos pelo deputado federal Eriberto Medeiros nessa pauta da segurança, afirmando que seu mandato dá continuidade ao trabalho do pai na Alepe, aprofundando as questões da segurança através de um processo de escuta e mediação junto ao Governo do Estado.
Nós temos total compromisso com a segurança pública, por isso, não vamos descuidar desse assunto. Queremos uma resposta, para que possamos dar mais tranquilidade à população pernambucana. Senhora governadora, reiteramos esse alerta: A solução passa diretamente pela valorização dos profissionais da segurança pública. Pois uma tropa motivada vai pra missão de cabeça erguida”, concluiu.

COMENTÁRIOS