Ponto de Vista de Brasília (01/10) – Enfermagem: STF decide sobre piso salarial

Saiba esta e outras informações sobre os bastidores da política clicando no link

Ministro Luís Roberto Barroso

Ministro Luís Roberto Barroso – Foto: STF

Por Dennys Sousa, Cientista Político

O novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, tomou uma decisão de grande impacto no dia em que assumiu o cargo. Ele liberou para votação a questão do piso salarial da enfermagem, um tema que tem sido debatido na Justiça desde 2022. Agora, a bola está nas mãos de Barroso, que deverá definir a data para o julgamento, encerrando assim um longo período de discussões sobre o assunto.

Em setembro de 2022, Barroso havia suspendido a lei aprovada no Congresso que tratava do piso da enfermagem. Sua justificativa era o risco de piora na prestação do serviço de saúde, especialmente nos hospitais públicos, Santas Casas e instituições ligadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Na época, a possibilidade de demissões em massa e redução da oferta de leitos era uma preocupação expressa pelos envolvidos. Entretanto, neste ano, com um aporte de R$ 7,3 bilhões disponibilizado pelo governo Lula, Barroso restabeleceu o pagamento do piso através de uma liminar. A maioria dos ministros do STF apoiou essa decisão, mas o mérito da ação ainda será julgado.

A questão do piso da enfermagem é de extrema importância, especialmente à luz da pandemia da Covid-19, e tem o apoio de entidades representantes da enfermagem, parte do governo e do Congresso Nacional. No entanto, governos estaduais, prefeituras e empresas de saúde privada se opõem, alegando falta de recursos para arcar com os aumentos salariais resultantes do aumento do piso. O que está em jogo é o equilíbrio entre o reconhecimento do trabalho fundamental dos profissionais de enfermagem e a capacidade financeira das instituições de saúde para cumprir essa obrigação. O julgamento no STF será decisivo para definir o rumo desse importante debate.

Análise

A decisão de Barroso é um importante passo para garantir o piso salarial da enfermagem, que é uma reivindicação histórica da categoria. A aprovação do piso salarial é uma forma de valorizar a profissão e garantir melhores condições de trabalho para os profissionais de enfermagem. A decisão de Barroso também é um desafio para governos estaduais, prefeituras e empresas de saúde privada, que terão que encontrar recursos para arcar com os novos vencimentos promovidos pelo aumento do piso salarial.
A votação do piso salarial da enfermagem no STF deve ser acompanhada com atenção, pois a decisão do tribunal terá um impacto significativo na vida de milhões de profissionais de enfermagem no Brasil.

E AGORA? – Será que o reconhecimento dos profissionais de enfermagem deve prevalecer mesmo diante das preocupações financeiras de instituições de saúde?

Por Dennys Sousa, Cientista Político

COMENTÁRIOS