RADAR POLÍTICO (14/08) – Os desafios do PSB para 2024

Saiba esta e outras informações sobre os bastidores da política clicando no link

Prefeito João Campos PSB

Crédito/foto: Wesley D’Almeida

ESCRITO POR WELLINGTON RIBEIRO

Sem o Governo de Pernambuco após um período de 16 anos no poder, o PSB tem pela frente uma verdadeira prova de fogo que é a de impedir ao máximo o esvaziamento do partido e ao mesmo tempo garantir a manutenção de Colégios Eleitorais que hoje estão sob o seu domínio.

No último sábado (13), durante o Seminário Pernambuco do PSB, os socialistas já puderam notar alguns sinais claros do desafio que é manter o mesmo tamanho e expressão que ostentava enquanto era governo. O evento, que serviu como uma injeção de ânimo para a sigla, contabilizou várias ausências, sobretudo entre deputados estaduais, a exemplo de Aglailson Victor, Dannilo Godoy, Simone Santana e Franz Hacker, todos nomes que andam bastante próximos à governadora Raquel Lyra. Já entre prefeitos, o número não passou perto dos 53 que o partido elegeu em 2020. Em grande parte essas ausências podem ser entendidas como recados.

Acreditar que o PSB possa sair das urnas em 2024 com algo em torno de 40 prefeitos eleitos é uma conta que supera o mais sóbrio otimismo. A realidade agora é outra não apenas por ter perdido o poder, mas porque o ambiente político aponta para um fortalecimento do PSDB, sigla da governadora Raquel Lyra, e uma concorrência maior com outras siglas. Cabe, portanto, ao PSB, concentrar energia na manutenção das suas principais bases, a exemplo do Recife, cujo o prefeito João Campos é a principal aposta do partido para a eleição ao Governo em 2026. Não há dúvidas de que o PSB tem potencial para se manter entre os partidos que mais elegerão prefeitos em 2024, no entanto, a circunstância atual de estar fora do poder exigirá dos seus líderes um esforço hercúleo para evitar debandadas e arregimentar novas lideranças.

BEM NA FITA – Na Região Metropolitana o PSB põe na conta as reeleições dos prefeitos João Campos (Recife) e Vinicius Labanca (São Lourenço da Mata), onde ambos andam com índices bem positivos de aprovação. O partido trabalha para lançar candidaturas em Goiana e Paulista. Neste último terá que trabalhar para convergir os interesses de Júnior Matuto e Francisco Padilha, pois os dois são filiados à sigla e querem disputar a prefeitura.

FORTALECENDO O TIME – Entre as novas lideranças que ingressaram no PSB para disputar prefeituras no próximo ano estão Neto (Vicência), Marcelo Pascoal (Carpina) e Rinaldo Barros (Catende).

NO RECIFE – A ex-primeira-dama Michele Bolsonaro desembarca no Recife no próximo dia 26 deste mês para participar do Encontro Estadual do PL Mulher. O evento será no Blue Angel Recepções, das 9hs às 12hs.

REFERÊNCIA – Ainda repercute positivamente os 10 dias da Festa de Agosto que o prefeito de São Lourenço da Mata, Vinicius Labanca, realizou no município. O evento chamou atenção pela organização e atrações que foram responsáveis por atrair um grande público em todos os dias.

NO JOGO – Embora a eleição para a presidência da Câmara Federal ocorra em fevereiro de 2025, já estão aparecendo prováveis candidatos à sucessão de Arthur Lira (PP). Um deles é o pernambucano Felipe Carreras (PSB) que anda despontando como alternativa ao posto ao lado de nomes como Marcos Pereira (Republicanos-SP), Isnaldo Bulhões (MDB-AL), Antônio Brito (PSD-BA) e Elmar Nascimento (União Brasil -BA). Nesta legislatura Carreras tem alcançando um protagonismo para poucos.

EM ALTA– Pré-candidato a vereador em Ipojuca, o empresário Julinho desponta como liderança política de grande prestígio no município. Na eleição de 2022 ele foi responsável por garantir expressivos 3.050 votos para Guilherme Uchôa Júnior. Nesta semana ele vai à Brasília onde será recebido pelo deputado que ajudou a eleger e percorrerá Ministérios em busca de recursos para Ipojuca. Que acompanha ele é Salviano Rufino, assessor de Uchôa.

IMPACIÊNCIA – Existem entre de deputados estaduais da base um clima de impaciência em relação ao atraso na liberação de emendas de 2022. Os parlamentares reclamam que o entrave estaria sendo causado pela Secretaria da Fazenda. O contigenciamento tem potencial de tencionar a relação entre os parlamentares e o Governo.

PÉ NA ESTRADA – O deputado estadual Cléber Chaparral segue intensificando agendas para fortalecer as bases. No último sábado esteve em Ferreiros para prestigiar o “Arrasta Pé do Japhet”, evento organizado pelo ex-prefeito Bruno Japhet e o seu filho, o vereador Bruninho Japhet.

Wellington Ribeiro Blog Ponto de Vista

Wellington Ribeiro é pós-graduado em Gestão Pública e Legislativa pela UPE – E-mail: [email protected] Whatshap (81) 99521-6544

COMENTÁRIOS